Andy Warhol + NARS.

Dias atrás acabei conhecendo a loja física da Sephora aqui em SP, no Shopping JK. Shopping complicado pra quem gosta de bater perna, caçar lojas. É shopping de ricas, de belíssimas, eu era a pessoa mais desleixada lá dentro.

Fui na TopShop e na TopMan, mas vamos fala da Sephora.

Achei a loja pequena, pensava que era imensa. Lembram daquele papo de gente que ficou se esmagando pra entrar na loja? Fiquei em pânico pensando nesse povo todo amontoado numa loja pequena, cheia de display. As vendedoras são uns amores, super atenciosas, mas não ficam te pentelhando, te deixam curtir a experiência da compra.

Fui pra comprar um lápis azul, que eu não queria comprar pelo site, já que tem muita gente reclamando da entrega e porque eu queria testar o tom. Nessas me dei bem, porque achei um outro tom de azul bem mais bonito pra mim.

Coincidentemente, era o lançamento da coleção Andy Warhol da NARS. Tirei algumas fotos, os tons são esses mesmos, bem vivos, bem lindos.

(É só clicar na foto pra ver grande.)

O que eu gostei?

As cores são incríveis, muito vivas, dá uma vontade de comprar tudo, e usar tudo junto, e ficar parecendo uma maluca.

A pigmentação das sombras é muito boa, foi a primeira vez que eu testei uma sombra da NARS e fiquei bem surpresa com a qualidade.

O que não gostei?

Digamos que não é pra qualquer um. Por mais apaixonada que eu seja por maquiagem, 260 reais é muito pra uma pallete de sombra. Os preços são surreais pro meu bolso, mas pro shopping em que a loja está é super viável. Não vi ninguém comprando enquanto estive lá, mas imagino que as moça$ vão acabar sucumbindo a beleza dessa coleção.

Foi um evento discreto, as vendedoras precisavam avisar que estava acontecendo. Esperava mais por ser Sephora + NARS. Mas de qualquer forma foi bacana conhecer a loja. Tem coisinhas que valem a pena, principalmente se você não confia em cores de site de maquiagem. É legal ir lá e testar TODAS as cores mesmo. É pra isso que o produto teste existe. Com certeza volto lá pra comprar mais, uma boa loja de maquiagem cara.

Pra saber mais sobre a coleção Andy Warhol, clique aqui!!!

O novo e o velho: AnaSuil e meus favoritos.

Ontem recebi uma caixona da Revista Gloss, e como já sabia o que tinha dentro, sai correndo pra abrir e testar tudo.

(Antes que perguntem, venci  um concurso de fotos no Instagram deles e ganhei um monte de maquiagem da AnaSuil, um kit da Moschino e um ano de assinatura da revista.)

383585_10200200610487819_94216841_nNessas resolvi comparar os novos produtos, de uma marca que eu nunca tinha usado, com meus produtos favoritos, de diversas marcas. (As fotos tão sem tratamento pra não perderem a realidade das cores.)

71621_10200200610767826_1290122005_nO mais próximo de esmalte nudezinho perolado que eu tinha era o Champagne, da Colorama. O da AnaSuil é um pouco mais escurinho, ainda não testei, mas amei que o pincel é achatado, MUITO mais prático.

262746_10200200611687849_68687578_nSooooombras pretas, o mundo nunca se cansa das soooooombras pretas. Da esquerda pra direita: SuperNova (Duda Molinos), no meio eu não sei o número dessa cor mas é da Vult, e a última é a preta da AnaSuil. Duda Molinos, com seu brilho vinho, e a opaca da AnaSuil tem o mesmo defeito: esfarelam muito, fazem muita sujeira. A da Vult é a mais tranquila, eu tiro o excesso na tampa, por isso a ‘beleza’ da embalagem.

314590_10200200612207862_1543820914_n

 

De cima pra baixo: Corretivo (que eu não entendi direito ainda) AnaSuil, Quem disse Berenice? e Duo Corretivo + Iluminador AnaSuil.

Esse quadradinho ainda me deixa com dúvida, eu não sei se é um corretivo mesmo, to pesquisando. O duo é bem legal, mas seca MUITO rápido. Mas muito mesmo. Tem que fazer um lado de cada vez. A cor do iluminador é bem bonita, já gostei bastante.

375202_10200200609407792_1416965981_nOs de cima são da AnaSuil, são hidratantes/matte ou com contorno. O vermelho é o com contorno, a borda do batom é mais clara pra não errar de cara quando passar. Achei bem legal isso.

Embaixo os meus favoritos: Hue da MAC, Ápice da Tracta e 09 da Vult.

400005_10200200611887854_1766601968_nUm duozinho batom + gloss. Não é meu produto favorito de maquiagem, mas acabo usando/acho bem prático pra dias corridos.

Os meus favoritos são 406-Crazy Beige da Givenchy e Pinkarat da MAC.

530345_10200200618328015_444819214_nEu comparei o pó compacto deles com o StudioFix, comparei mais pela cor mesmo. Uso pó translúcido meio raramente, e tiro o brilho com o StudioFix. O da AnaSuil esfarela bastante, vou falar isso no bronzer e no blush também ok?

Essa base deles é mousse, e eu nunca tinha usado. Achei legal, textura levinha, mas acho que passei demais e ficou meio aparente. A minha favorita é a Iluminadora da Quem disse Berenice?

262757_10200201062699124_1517194833_nLinha de cima: bronzer da AnaSuil (e a coruja fofa que some quando a gente usa. #chateada), o Bronzito da Quem disse Berenice? e o Sienne da Bourjois.

Achei bem suave, bem brilhoso. Uma mistura de bronzer com iluminador. Talvez se eu tivesse bronzeada, ele seria só um iluminador.

Linha de baixo: duo blush da AnaSuil e BlushBaby da MAC.

No quesito cor de saúde, o da MAC ganha. Mas pra uma coisa mais noturna, o duo é bem bacana. Embora esfarele, o pincel é bem bom e cabe na embalagem do BlushBaby.

418599_10200200611367841_477836455_nPor fim, UFA, os lápis-sombra. Não tenho nada assim pra comparar. Achei a textura bem gostosinha e a cor maleável. Dá pra esfumar tranquilo. Talvez eu nunca use o verde. Mas o marrom e o branco vão ser coringa.

546414_10200200966536720_958417799_nIgnorem a cara de sono, relevem, é fim do ano. RS. Fiquei testando, meio de qualquer jeito mesmo.

Procurei um site de compra pra esses produtos e encontrei o ShopLuxo. Pelo que eu vi é uma linha nova de uma marca já conhecida por alguns, e bem carinha. Tem um preço mais alto que Quem disse Berenice e Contem 1g, e alguns produtos chegam a ter o preço de MAC. Vou continuar usando e passo minhas impressões pelo Twitter (@heyju).
Se mais alguém já tiver usado, e quiser me contar suas experiências, agradeço. E SIIIM, pode ser pelo Formspring que vocês tanto gostam de ser anônimas hehe.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Vale a pena, ou nem tanto: maquiagem de perfumaria.

Dias aí, passados mas não tanto, bati perna por lugares em que gosto de curiar coisinhas baratas. E até que achei bastante coisa interessante, NADA CARO, mesmo porque se fosse caro eu não teria comprado tanta coisa. Testei tudo e vamos lá, ao que vale a pena ou não nesse montante:

– pincéis “ECO” da Macrilan: (na ordem da foto, blush/pó/côncavo) São pincéis MUITO baratos, mas que cumprem uma função legal, tenho outros da Macrilan, que não da linha ECO, e sempre achei interessante o que fazem custando tão pouco. Soltam pelinho no começo, mas acho normal, até pincéis mais caros fazem isso.

– Iluminador facial MaxLove: Eu sei, MAXLOVE lembra o Netinho e o domingo da gente, mas eu juro que por uns 8 reais esse iluminador me faz esquecer da sambadinha dele, eu não uso direto no rosto, já que ele solta bastante pigmento na tampa. Acho legal pegar o produto solto e passar com pincel, além de ficar mais natural, fica mais precisa a aplicação.

– Quarteto da Jasmyne: Comprei de brincadeira, custou uns 6 reais eu acho, foi mais pra ter sombra de princesa. Me surpreendi, são sombras bem pigmentadas, e bonitas. Dá pra dar um truque de iluminador, com cuidado, mas dá.

– Batom da Dailus: Já tenho outros batons dessa marca, e gosto, mas achei esse bem pesado. Comprei um nude que me deixou com boca de argila seca. Gostei não.

– Trio da Fenza: Gostei da cor que menos se destacou na foto, um vinho/marrom brilhoso. Achei a textura cremosa, bem interessante, e o delineado que eu fiz com esse escuro durou um jogo inteiro do Corinthians FEAT garoa. Por 4 reais, muito amor,

– Blush da Ruby Rose: A Ruby Rose é famosinha pelos pigmentos, comprei o blush pra saber se seguia a qualidade e FUÉN, não é tudo isso não. Ou pigmenta de menos, ou de mais. Tem que ter paciência.

– Blush da Fenza: Blush de fundo lilás, não tinha nenhum, é OK. Acho que custou uns 4 reais também, é aquele quebra galho pra quem não quer investir numa cor que vai usar pouco.

FORA DA FOTO: Comprei uma base da Vult tempos aí, no primeiro dia foi bastante paixão mas não sei o que aconteceu. Cor não tá rolando, a base esfarela/vira uma farofa se eu uso protetor/hidratante/primer antes, mancha. Alguém já teve alguma experiência com essa base e pode me dar dicas? Ou é mais um caso de jogar fora mesmo? Base tá virando um drama na minha vida, SOS.

Como to sempre caçando esses produtinhos baratos, aceito sugestões de marcas pra testar. Já ouvi falar bem da linha PRO da Dailus e já to na caça pra contar aqui.