Quinteto Glam, Vult.

Fazia um tempo que eu tava paquerando um quintetinho da Vult. Achei bem legal essa iniciativa deles, de montar um produto com uma estética mais bonita, mais apresentável. As outras sombrinhas tem um aspecto “pobrinho”, as embalagens são muito MUITO frágeis.

Escolhi a número 6, com tons de verde e azul. Cores que eu não tinha na coleção. SIM, como é postei aqui, tenho uma coleção de sombras.

O que eu achei das sombras?

Achei o custo bem interessante, paguei 18 reais. Se dividirmos esse valor por 5, que é o número de cores, cada uma saiu por R$3,60. BEM OK.

Todas as sombras da Vult esfarelam muito, do quinteto, do duo ou a unitária. É uma característica da marca, então a única coisa que eu posso recomendar é: faça a pele depois, porque vai cair pigmento no seu rosto, e bastante.

A pigmentação é média, tons mais escuros pigmentam bem, os mais claros nem tanto. É preciso mais esforço, e um bom primer, se você quiser investir nessa cor menos pigmentada.

Num resumo geral, eu acho um bom investimento pra quem SABE usar todas as cores. Se não é o seu caso, acho mais legal comprar a sombra unitária, que também é baratinha.

Achei um tutorial da Claudinha Stoco bem bacama, em que ela usa só esse quinteto. Ela dá também a opinião dela sobre o produto.

Ainda não usei numa maquiagem final, só em testes e no braço. Quando fizer “pra vida real” posto minhas impressões lá no twitter (@heyju).

E vocês já usaram? O que acharam?

Alô alô testando.

Hoje tirei um tempo, hora, da minha tarde pra testar uns daqueles mili produtos que eu comprei. E mesmo assim não testei tudo. Tem coisa que ficou pra uma próxima.

O que eu usei foi só tudo isso, obviamente não é tudo novo mas eu não consigo me maquiar só com sombra/blush/batom. Tem coisa antiga. Queria testar principalmente as sombras, pra evitar surpresas na hora de me maquiar correndo pra algum lugar. E bom, serviu pra saber que com essa sombra compacta do Duda Molinos (SuperNova) eu vou ter que fazer a pele depois do olho, esfarela muito e o brilho não é tão intenso quanto na embalagem, mas mesmo assim é bonito, mais discreto realmente. O curvex da Mundial não foi tudo isso, meu curvex de dois reais da perfumaria vizinha faz melhor. E o lápis beringela da Quem disse, Berenice? é o meu mais novo lápis preto. Fica lindo de um jeito que nenhuma foto conseguiu captar.

Eu sei, eu sei, a foto ta bem tosquinha. Mas pelo menos a cama tava arrumada. Foi a única luz que mostrou mais ou menos a cor do lápis. Não usei primer, por isso a sombra ta meio fraca. De resto os produtos fizeram o que eu esperava. Sem grandes emoções. Batom bão, blush bão, iluminador bão. 

Agora vou eu, lavar louça com essa cara pintada. HEHEH.