Sitting, waiting, wishing…

anonovo

 

Tô aqui mentalizando coisas boas, porque 2013 TEM QUE SER BOM. Não vou dar chances pra ele ser ruim não.

Como não gosto de passar o ano novo SÓ de branco, to caçando cores que ornem com os meus desejos.  Vamos aos escolhidos (hehe):

Dourado, pra brilhar, remete ao sol e a riqueza. E sim, preciso de riqueza e bronze nessa vida, por favor em dobro.

Rosa eu sempre dou um jeito de usar, fico toda mentalizando o amor, o romance, e blábláblá. Veremos.

O branco todo mundo sabe, e o preto protege de energias negativas. Não lembro onde ouvi/li isso, mas acredito desde então.

Na real, todo mundo sabe que esse lance das cores é meio firula, só não assume pra não ser chato. O importante de verdade é mentalizar coisas boas e colocar em prática. Falar na virada é muito pouco, tem que fazer o bem. (post de fofinha né?)

E vocês? Já escolheram as cores? Já tão mentalizando um boy, um emprego, uma viagem, um mega da virada?

 

 

Anúncios

Sábado por aí…

A cara da derrota (com hipogloss na boca) depois de bater perna de cabeça vazia e sem ter dormido direito. Não que dormir direito seja uma qualidade minha, sexta dormi das 9h30 da manhã as 22h, mais errada impossível. Nessas durmo dia sim, dia não. Bem saudável, minha pele tá brilhando de alegria, só que ao contrário.

Mas, ignorando as lamúrias, e focando no que eu vim escrever…

Esses dias vi uma moça, dessas rica que só usam batom da MAC, falando mal da Vult. E também vi uma maquiadora elogiando mil até a marca de segunda linha deles, a Dailus. Óbvio que eu não levei em consideração a opinião da pobre rica, já que ela nunca nem deve ter usado Vult MAS fiquei pensando em quantas meninas que não tem grana ficam presas ao “status” de uma maquiagem cara. Olha gata, se você é dessas, eu sinto em te dizer que até hoje você se prendeu a toa. Marcas baratinhas de perfumaria são um delírio. Duram menos? Sim. Custam 75% menos? Também. É custo benefício gata.

Por exemplo:

Isso é o que eu comprei hoje, quem me conhece sabe que eu tenho MUITA coisa das baratinhas. Comprei hoje base, blush e batom da Vult. Base comprei porque to testando o tom perfeito, to super insatisfeita com os tons que eu já tenho aqui. O blush é mais claro e mais coral do que a foto passou, bem gracinha,  pra dias discretinhos, e tem uma pigmentação incrível, tenho várias outras cores. E um batom de gótica que eu acordei com vontade de ter, mesmo que vá usar super pouco, precisava desse vinho Família Adams pra viver hoje. (DRAAAAAAMA)

Mais um pincel da Macrilan, que são sempre baratíssimos e cumprem bem. Solta pelinho no começo, mas ok, é superável. E um rímel de uma marca x, já que é só pra sobrancelha eu não me preocupei com nada a não ser o valor.

Tudo isso deve ter dado uns 35 reais, agora leva esse dinheiro na MAC e me conta o que você comprou lá menina rica e arrogante. Sério.

 

Aproveitando o embalo de “comprinhas do sábado insone”…

Maior amor do mundo esses vidrinhos de esmalte da Hello Kitty, eu que nem sou fã achei um mimo. Tem várias outras cores mas achei essas mais a minha cara, e o Chumbex da Quem disse Berenice? que dizem boatos é quase igual ao da Channel. Vamos ver, escuro metalizado já é amor certo pro meu lado né?

E esses cacarecos aí são frutos da minha visita a loja de bijoux que inaugurou DO LADO DA FARMÁCIA DE PAPAI, meu caminho certo diário. Maior felicidade é que além de bem bonitinhos, são valores bem honestos, tô bem feliz com o meu quarteirão, tão todos de parabéns.

* Sei que andei sumida por uns dias, mas vou tentar retormar aos poucos com as postagens, os desafios nas lojas de departamento e com a lojinha, prometo 😉

Gold + Rouge

Acho que não tem como ser mais perua. Combinação de dourado (Gold Coin, Revlon) + vinho (Rouge Interdit, Givenchy), meus esmaltes queridinhos, que eu morro de dó de usar. Principalmente o da Givenchy, porque né, além de caro vem tão pouquinho. Reclamação de it pobrinha, eu sei. Quem nunca?

Pra se inspirar e entrar na onda do douradovinho por essa semana.