LD: Shopping Central Plaza.

Ontem sai pra comprar tinta, já que tinha decidido pintar as paredes do meu quarto. Mas como quem me segue no twitter, ou no Instagram, sabe: EU SAIO PRA COMPRAR UMA COISA E COMPRO OUTRAS 10  QUE NÃO DEVIA.

A sorte do meu bolso é que não tinha quase nada 38 nas araras, e poucas peças M. E olha que eu bati perna, comecei na Riachuelo:

Camisa coral custava R$49 e a saia R$59. Ignorem o sutien aparecendo e apreciem o recorte bonito nas costas.

Achei esse vestido, da coleção nova deles, de um piriguetismo fashion. Tudo bem que eu ousei e peguei um P pra provar, meu correto seria um M (que não tinha). Mas achei fofo, o recorte lateral não é daqueles que expõe a nossa gordurinha tão maldosamente. EU DISSE GORDURINHA hein gente, se você tá acima do peso esquece essa idéia porque não vai te favorecer. E isso não é blábláblá preconceito, é dica pra vocÊ ficar bonita. Se não me engano tava R$79 (achei o preço salgado pela qualidade).

Vestido de Família Adams. No cabide achei fofo, mas quando coloquei no corpo me senti uma moça de igreja, muito comprido. Na foto da esquerda o vestido tá como é, na foto da direita tá com aquele toque piriguete, se eu tivesse uma costureira fácil pelo bairro teria levado. Tava 79 reais também, e no caso acho que valia mais a pena ter levado esse.

A próxima foi a C&A e com dor no coração eu digo que não tinha nada bonito do meu tamanho. Mas assim, NADA mesmo. E olha que eu fucei em tudo. 

Acabei comprando uma touca de lã masculina (detalhe pra minha cara de malandra emo), por dois motivos básicos: eu gosto desse desenho dela e ela tava custando R$5,9. Mesmo motivo que me fez levar duas meias calças decoradinhas, além de fofas estavam custando R$3,9. Agora eu acho que deveria ter comprado mais, mas…

Sai comprei um yogoberry (reparem que até agora não fui pra C&C) e passei na Pernambucanas. ( E fiquei meio vesga aparentemente.)

E só o que me chamou atenção foi essa blusa fofinha, cheia de coração e por R$39,9, e a calça vermelha, R$49. Na verdade eu procurei a azul bic mas NÃO TINHA 38. Grrr.

Na Renner, e eu já cansada da brincadeira, amei esse casaco, tipo MUITO. Mas não tinha M, esse da foto é um G, e por R$79 num casaco de algodão eu exijo o meu tamanho vai. O shortinho fluo tava R$ 59, e as camisetinhas R$39.

Aí eu pensando que pronto, vou pra C&C comprar prateleira e tinta de parede, beijo tchau NÃÃÃO… passei na Poderoso Timão, porque eu sou dessas, e comprei a réplica de 1990.

Se você não é corinthiana pode ignorar essa parte, fica a vontade. Comprei a camiseta masculina P, porque sei lá a razão, as camisas femininas são sempre feias em lojas de esporte. R$99 reais mais pobre porém mais feliz, vai entender essa satisfação pessoal que eu tenho ao comprar camisa do Corinthians.

Já na C&C (UFA) eu tava só com prateleira e tinta no carrinho quando vi essa bandeja FOFA, da coleção navy deles, e achei pagar R$22 justo pro meu novo lugar de maquiagens do dia a dia.

Nossa, cansei, esse shopping não é o melhor do mundo quando o assunto é loja de departamento, sinto que as vezes as lojas de lá são meio outlet. É bem OK em relação aos preços, algumas coisas são bem mais baratas do que nas outras unidades de outros shoppings MAS a numeração é aquela coisa, tem que dar sorte ou usar 40 pra cima. Acho que por isso nenhuma peça que eu peguei custava mais que 100 reais, o que costuma acontecer em outros shoppings.

Não fui com a intenção da brincadeira de caçar looks, e tava bem cansada, por isso as fotos tão meio corridas e a minha cara péssima. Vou tentar fazer em outros shoppings próximos da minha casa e com mais disposição. Vocês podem sugerir temas, valores, lojas também. Pelo twitter, ou pelo formspring, que eu reparei que tem sido um meio muito usado por quem passa por aqui. 😉

http://formspring.me/jullianaturner

InstaWeek.

     Corinthians x Atlético Goianiense. Uma hora eu tinha que matar a saudade de gritar gol no estádio, mesmo que no tobogã. Pra quem não sabe, o tobogã é a área ingrata do Pacaembu: fica longe da praça (que é onde todo mundo se reúne pra tomar a breja pré jogo, ver as baterias e bandeiras e encontrar os amigos.) e a pior parte É ONDE GRITAM GOL ANTES DA HORA, onde cornetam o jogador sem nem sabe qual a posição dele e que os cantos acabam na primeira frase. E ok, eu entendo que pra quem não é torcedor isso é irrelevante, mas vocês não sabem como é frustante ouvir a Gaviões cantando do outro lado e meio que cantar sozinha do outro lado. Tirando SÓ ISSO, a visão é incrível do campo, disso não posso reclamar. E mesmo com o juizinho sem vergonha e o sufoco que tomamos deu pra matar um tico da saudade de ver ao vivo um jogo.

   Randomicamente falando, eis a refeição que eu mais fiz desde que conheci o pão de hamburguer com gergelim da Wickbold. EIs a cerveja que eu mais bebi, e eis o tipo de foto que eu mais vi por aí, meninas e os bonés alheios, geralmente a combinação de cerveja e boné de boy resulta em foto no Instagram nos últimos tempos, não podia ficar de fora dessa onda.

Adoro voltar a falar sozinha, mais ou menos vai, aqui no blog também. ❤