Base drama: entre o sucesso e a lama.

Acho que comentei aqui sobre meu novo draminha, as bases. Draminha mesmo, nada imenso, mas que incomoda né?

Tô bem branquela. Mas tipo BEM mesmo. Então as minhas bases tão escuras pro meu rosto, e a clarinha que eu havia comprado (da Vult) tava craquelando, bem malucona esfarelando, embora o tom fosse bem adequado.

Meninas me mandaram dicas pelo Formspring de como fazer, mas não funcionou muito não. Mesmo assim, obrigada a todas, e podem comentar aqui mesmo, que timidez é essa?

AÍ ontem fui apresentar a loja da Quem disse, Berenice? pra minha mãe. Que não é a maior usuária de maquiagem do mundo, mas é bom que ela saiba de produtos legais e baratos.

Resolvi testar a base iluminada, tinha lido boas resenhas, e achei minha cor. OBA! É a C3, a mesma do meu corretivo líquido de lá. (Embora eu goste de corretivo um tom mais claro, acho legal ter um corretivo da cor exata da base.)

Cheguei em casa e fui testar pra ver qual era a dele em noites como a de ontem, INSUPORTAVELMENTE QUENTES. Olha, até agora não tenho do que reclamar, base levinha, de cobertura média, quem tem muita manchinha não vai ficar muito feliz com essa base, ela cobre com aquela sensação de naturalidade mesmo, passei com os dedos. Não me irritou, nem achei melequenta. Como o nome mesmo diz, ela é iluminada, fica um glow e se isso te incomodar é só passar UM POUQUINHO de pó translúcido com um pincel que tá ótimo. Foi o que eu fiz ontem.

Ela custou 39,9 e eu comprei na loja do Tatuapé. Por enquanto só tem loja em SP, mas meninas, assim que abrir na cidade de vocês acho válido conhecer viu.

Anúncios

Oi linda.

Fazia um tempo que eu queria falar sobre cores na maquiagem e perguntar ONDE VOCÊS ESTÃO COM A CABEÇA?

É só digitar maquiagem + cor no Google que me aparecem milhares de imagens HORRENDAS, combinações absurdas e aqui quem vos fala é alguém que já errou MUITO se maquiando. Mas errei numa época em que maquiagem não era assunto diário de ninguém.

A maioria das meninas que eu conheço tem fotos de dar vergonha, eu tenho e provavelmente você também tem. Mas vamos lá né? Aprender com o erro?

Uma vez um maquiador me disse que maquiagem se aprende todo dia, seja lendo uma matéria, testando um produto, vendo um tutorial, usando as amigas de cobaia. E é bem isso mesmo.

Não, esse seu azul com rosa e glitter + delineador preto com batom nude não tá bom não. Esse pretão com prata + batom a lá Snob tá bom não. E o que falar das lindas que insistem nos batons que amarelam o dente? Gata, nem todo conceito de tendência do mundo vai fazer alguém te achar belíssima assim. Numa próxima ocasião eu escrevo sobre esses batons.

A questão é que você não precisa só usar marrom/bege/pretinho esfumado pra estar certa. Longe disso, campanhas e desfiles estão aí pra mostrar que maquiagem colorida é super legal. Mas que que custa, MEU DEUS, aprender a usar??? Nossa pele não é igual, nem nosso olho, nem nada.

Vamos aprender a nos favorecer!!! E pra não dizerem que não sabem como: esse video da Lisa Eldridge (assinem os videos dela no YouTube, são ótimos) ensina a como usar cor de uma maneira agradável ao olhar, um jeito elegante e com duas versões de batons diferentes pra ninguém reclamar do bocão escuro que ela faz primeiro.

Eu sei que as vezes sou meio brava, mas só quero o bem de vocês. Quero vocês bem lindas e não sendo xoxadas por aí. ❤