100 em 365.

CEM filmes em 365 dias. Mais uma coisa que eu me prometi nesse ano.

Eu devo ter assistido até mais ano passado, mas achei justo encaixar só 100 em 2013. Tenho outros planos pra esse ano também.

Em 2012 tentei anotar os filmes que assistia, pra ter controle e não assistir de novo, o que eu faço muito sem perceber. Ia postando no Twitter, mas depois de um tempo acabava esquecendo, e virou bagunça. Ia criar uma tag pra manter um controle MAAAAS eis que descobri um site em que você pode dar check-in nos filmes que já viu/está vendo.

O IcheckMovies funciona como um Foursquare, é só logar e procurar o filme pra dar check-in. *A maioria está com o título em inglês, o site é gringo, então é legal saber o título original. Geralmente na página de informação de programa da NET tem.*

Pelo que eu percebi, muita gente dá check-in em todos os filmes que já viu na vida. Como meu lance é marcar os 100, tô marcando quando vejo. E pra quem não tem uma meta, é legal ver as listas dos outros. Algumas listas tem temas, por exemplo: “clássicos” “filmes de luta”. É legal pra conhecer novos filmes.

Dá pra dar opinião sobre também, o que é bom de ler quando você vai baixar algum filme. Joga lá e lê o que a galera comentou, talvez você não se decepcione depois de 2horas de download.

Eu já assisti, até agora 13/01, 12 filmes. Não estou procurando nenhum tema específico, nem recuso filmes que já vi. Se tiverem sugestões eu aceito. Na verdade, só não aceito sugestões de filmes tipo Jogos Mortais, tenho horror a filme assim, de gente com as tripas pra fora. Me adicionem lá, quero ver o que a galera tem assistido.

 

Anúncios

De ano novo: promessa.

Bom, deixa eu explicar né?

No dia 1º de janeiro, eu fiz eu a tradicional listinha de coisas que eu quero fazer esse ano. É curtinha, tem uns 6 itens, e vou falar da maioria deles por aqui. O que eu tô fazendo pra cumprir, se já cumpri, se larguei mão (espero que não mas… acontece).

Resolvi falar de uma coisa que eu já risquei da lista, e talvez muita gente não entenda, porque coisas passionais são realmente assim.

Acho que todo mundo que lê o blog sabe que eu sou corinthiana doente, então ÓBVIO que ia ter Corinthians pro ano novo. No começo de dezembro (ou no fim de novembro?), um amigo lançou uma promessa no grupo de Whatsapp: ir andando do Parque São Jorge ao embarque do Aeroporto de Guarulhos se o Corinthians ganhasse o Mundial. Pra você que não é de SP, ou não tem muita noção, são mais ou menos 20km ou uns 25 minutos de carro, menos até. EIS que eu, apaixonada cega que sou, peguei a promessa pra mim, assim como outro amigo (não vou citar o que desistiu pra não pegar mal).

E o Corinthians ganhou né gente? MUITA alegria, MUITA comemoração, fogos, fotos, bebidinha, churrasco, reprises infinitas do jogos (acho que no dia assistimos umas 3). Enfim, passaram as festas e decidimos ir no dia 5 (sábado).

A semana inteira fez um tempo meia boca, muita nuvem, zero sol. Mas sábado não, sábado fez um calor das arábias. E a gente cumpriu, os meninos com muito mais força do que eu. E olha que eu era atleta no colégio, metida a superar geral. 2 litros de água na mochila, repelente e óculos.

Uma foi feita por calçadas, do Parque São Jorge ao Parque Ecológico. No Parque Ecológico tinha a pista de caminhada e era tranquilo, passamos pelo CT da Portuguesa, e pelo do Corinthians, o que deu uma animada boa. Ficamos uns 5 minutos tirando foto com a parede, que nem bobos. Mas além do Parque, fomos pelo acostamento, pelos cantinhos de estrada, pelos matinhos. Atravessamos estradas correndo, gritando: 1,2,3, vai!

Não recomendo pra ninguém, é perigoso pra caramba. Os motoristas mais babacas tiram fina. Um moço mais legal, corinthiano, buzinou pra gente. Mas eu já tava doidona e não assimilava direito o que tava rolando. Passamos por presídio, por parque, por mato, por fábrica. Os 20 km, 4 horas, mais difíceis da minha vida. Eu respirei fundo várias vezes pra não desmaiar, passei malzão no final. Os meninos foram incríveis, mas imagino que eu nem precise dizer isso. Só louco pra fazer isso, e depois rir. Porque foi o que a gente fez, depois de se situar, lavar o rosto, pedir uns 300 lanches no McDonalds. A gente ficou rindo, o corpo todo dormente.

Era um misto de felicidade por ter conseguido terminar, de ter cumprido com um monte de dor (cabeça, ombro, joelho e pé). Acho que vou ler isso daqui uns anos e me achar muito doida, ou talvez eu faça outra coisa dessas.

E com bolhas nos pés (ainda), marcas ridículas de sol (de camiseta, de shorts e de relógio hahaha) e o nariz descascando, eu digo que já posso riscar a primeira coisa da listinha de 2013.

Este slideshow necessita de JavaScript.

(Juntei as fotos que lembramos de tirar, inclusive a do meu bronzeado ridículo pra vocês NUNCA se esquecerem do protetor solar.)

2012 teve…

Retrospectiva 2012. Aquelas coisas que só fazem a gente rir da própria cara e sentir saudades. Mas vamos lá…

TEVE1

Em 2012 teve muita praia. Comecei o ano com muita chuva mas depois melhorou. Acho que foi o ano em que eu mais coloquei biquíni e pé na areia. Pra 2013 eu desejo o dobro, o triplo.

TEVE2Teve LUKI DO DIA. Brincadeira, teve bastante perna de fora e pé no chão. Foi um ano quente só pra mim, ou todo mundo não percebeu o inverno??? Teve bastante dessa mania de tirar foto do pé, não sei porque, continuo fazendo.

TEVE5Teve muito amor. Muito estudo, muito livro, muita tentativa de ser feliz. Show do Los Hermanos na semana do meu aniversário foi um sinal de amor. Tentativas com skate a parte, enfim comprei meu patins. Comprei muitos livros. Fiz meu curso. Adiar a vida pra quê?

TEVE3Óbvio que teve muito Corinthians, MAS MUITO MESMO, ASSIM, EM CAPS LOCK. Teve muito choro de felicidade. Melhor dos meus 24 anos de torcedora. Muito estádio, muita chuva, muito perrengue, muito grito e muita gripe. E bom, pra 2013 já tenho 6 ingressos comprados. Vai Corinthians, que eu vou com você.

TEVE6Teve gente de sempre, gente de agora, gente pra sempre. Amigos, família, gente nova no pedaço. Miguel e Josh, a nova geração de caras legais. Os amigos que ficaram, e os amigos que tão comigo. Minhas véia, e um dos meu sangue. É gente que, mesmo eu com meu jeito sozinha, quero por perto sempre.

TEVE4Teve muita mudança, teve muito a minha cara por aí. Comecei o ano mei ruiva, fiquei mei castanha. Chorei na cadeira ficando loira. Salvei a cor, perdi uns fios. Mudei de novo. E se bobear, ainda mudo pro final do ano. Teve Element, Gloss, Portal Terra e The Super Fresh.

a1b92a78f2d111e1ae2a22000a1d0127_7

 

Teve amor. E há de ter ano que vem. Pra mim, pra você, pra todos nós. Eu to rindo de olhar essas fotos. Foi um ano maluco, intenso. Me perdi inúmeras vezes, me encontrei algumas. Conheci gente, cortei relações. Fiz o bem, me dei mal. Mas quem nunca?

Pra todos nós um ano novo incrível, cheio de coisa boa. De saúde, honestidade e força de vontade. Pra correr atrás do que não vem. Feliz 2013.